Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 10:43 |

Meu tio, um cara intelectualizado, zen e rico, que até já foi pra India metidar com os mestres hindus, tinha esse, como seu livro de cabeceira. Por um golpe do destino, assim que entreguei o 1984 eu vi ele na prateleira, um livrão de 540 páginas que enche os olhos. Peguei e fiquei o fim de semana (passado) inteiro lendo-o.

É a história de Sinuhe, e se passa a 3000 anos atrás. Ele era o médico ("O" Médico) dos faraós. Entre intrigas, traições e guerras, foi ele que salvou o reino, que tirou pessoas do poder e colocou outras, e por suas ações, muitas pessoas morreram (muitas mesmo), mas a maioria indiretamente. É um livro gostoso de se ler, e foi com ele que eu percebi que os livros tem trilha sonora. É que eu o li escutando Solaris, e agora, sempre que ouço esse cd eu lembro de Sinuhe, o maior dos médicos.

  1. Esse foi um dos primeiros grandes romances que eu li... meu Deus, eu chorei quando terminei.. tinha levado quase duas semanas para eu termina-lo, e quando li as últimas palavras (sozinho por todos os dias de sua vida), não resisti, chorei... um dos poucos livros em que eu chorei, devo dizer, hehehe... Sinuhe é um dos melhores personagens que eu já encontrei... o Waltari desenvolve muito bem todos os personagens, mas o Sinhuhe é inesquecível... tou com vontade de lê-lo de novo, mas estou com três no meu prato agora, e ainda o Ilusões do Richard Bach, que comprei faz algumas semanas e ainda não comecei a ler, hehehe... mas vou encontrar o tempo durante essas férias...

  1. Vou começar a ler "O Egípcio" hoje.
    Muito obrigado pelo Spoiler.

Designer Webdesigner

Copyright 2010 Devaneios Gratuitos