Embora aborde temas complexos nesse livro, o autor conceguiu ser muito simples, e essa é a principal qualidade de seus livros, embora seu mais famoso seja "Fernão Capelo Gaivota", tanto o "Ilusões" como "Um" são mais interessantes.

Imagine que Jesus Cristo não resolveu guiar seus apostolos pelos caminhos que ele achava serem verdadeiros, mas simplesmente divagava em seus ensinamentos enquanto fabricava algum artefato de madeira na carpintaria de seu pai.

Sabe, ser um messias é complicado, todos querendo ver milagres e ouvir as palavras de um Pseudo-Deus, então, por que não me manter nesse trabalho fácil que tanto preso, e falar a apenas quem realmente quer me ouvir?

Seria interessante se ele tivesse pensado dessa maneira. Por que tentarei passar uma verdade sobre o amor ao próximo, enquanto essas pessoas se empurram para me ouvir?. Tudo besteira, bobagem.

Ilusões trata disso, da fome do povo de coisas novas, da responsabilidade de estar alimentando essas pessoas com palavras que muitas vezes são distorcidas pelas multidões.

O livro também bate muito na tecla do: "Faça o que queres" e também do "Acredite e terá o que quiserdes", me interessei muito por essa visão do autor de como viver nesse mundo.

Claro que há devaneios, mas o que são os devaneios se não pensamentos que fogem do senso comum...

Livro altamente recomendado.

  1. Mais uma resenha fraquinha de um livro muito bom.

  1. Quem diria, Rafael vc fica só na moita lá na sala que é isso vc escreve bem rapaz

    18-02-2004 00:09:17

  1. Oi, Rafael ainda estou tentando ler tudo =P mas eu não tenho tempo pra respirar =P linkei vc êeee até

    18-02-2004 23:12:40

Designer Webdesigner

Copyright 2010 Devaneios Gratuitos